Barra de vídeo

Loading...

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Bom Dia Cuiabá, “Distúrbios psicossomáticos"

Não é assunto que gostaria de comentar, pois este mundo é muito lindo. Infelizmente temos que falar deste assunto. Talvez servirá para alguém, mas conte com nossas orações, para que Deus livre de todos os males.

“Distúrbios psicossomáticos" (Matéria sobre Saúde)


A revista Isto É, em sua edição número 2004 [...] faz uma análise do poder das emoções e os males que as emoções negativas causam ao coração. Esta reportagem científica da Isto É, trata especialmente dos prejuízos do coração. Fala que o primeiro caminho a ser seguido para atingir o coração é através do sistema nervoso autônomo (SNA). Ele envia sinais elétricos, recebidos por fibras nervosas presentes no tecido cardíaco. Seu papel é acelerar ou diminuir o ritmo cardíaco. A outra via é química. Seu principal agente são os hormônios, como a adrenalina, por exemplo, secretados por algumas glândulas. Eles entram em ação após receber as ordens do hipotálamo, parte do sistema límbico, gerando sérios problemas ao coração.

Quando as pessoas têm raiva, irritação, ansiedade, tristeza e depressão acontece o seguinte: as glândulas adrenais, situadas acima dos rins, aumentam a produção de adrenalina e provoca:
•    Diminuição do calibre dos vasos sanguíneos, elevando a pressão arterial.
•    Maior produção de fatores pró-coagulante, deixando o corpo mais vulnerável à formação de coágulos que podem entupir as artérias.
•    Desequilíbrio na atividade do endotélio, tecido que reveste as paredes dos vasos. Ele produz substâncias que ajudam na dilatação das artérias e outras envolvidas em processos inflamatórios. Como resultado, há maior estreitamento dos vasos e produção de compostos inflamatórios.
•    Pelo sistema nervoso, são emitidos sinais que elevam a frequência cardíaca.
•    Há prejuízo no sistema de defesa do corpo, ficando nosso corpo sujeito às várias doenças.
•    A depressão, por exemplo, aumenta o batimento cardíaco e prejudica sua vulnerabilidade. Se não há variação, há sobrecarga do músculo cardíaco.
Tudo isso aumenta as chances de infarto em portadores de fatores de risco, como alto colesterol e hipertensão.
Enfim, as emoções prejudicam terrivelmente o coração, mas também prejudica o estômago, a pele, as vias respiratórias e todos os demais órgãos do corpo.
[...] A melhor prevenção de doenças é ter equilíbrio espiritual e emocional. É trabalhar com tranquilidade e paz. É vencer o ódio, o ressentimento, a preocupação e a ansiedade” (FERREIRA, I. A. As emoções de um líder: Como administrar corretamente as suas emoções. 1 ed., RJ: CPAD, 2009, pp.117-18).
Fonte: EBD 2013

---
Agora vamos estender o nosso BOM DIA a Cuiabá, Mato Grosso, Brasil e ao Mundo que neste momento esta precisando muito de um BOM DIA. Professora Aurelina Haydee do Carmo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dica: Quem não tem senha no Google/Gmail clique:
Comentar como: "Anônimo"
deixe seu nome, cidade e comentário.