quarta-feira, 10 de abril de 2013

Bom Dia Cuiabá, Poesia - Doce Bom é Furrundu.

Dedico a todos os Cuiabanos e os aqui moram que deliciam este doce: Furrundu
Poesia de minha Autoria - Doce Bom é Furrundu.

Doce Bom - Furrundu
Aurelina Haydee do Carmo

Saudades do tacho de cobre
Lavado com vinagre e sal
Tirando todo zinabre
Amarelo como o sol

Vamos ao quintal
Mamão macho, mamão fêmea, talo de mamão
Tanto faz, ralo, ralo até doê a mão
No ralador que ninguém tem igual

Pouca lenha, pouco fogo
Colher de pau, nenhuma fumaça
O Doce ficou famoso
Pois o perfume ameaça

Uma colherada por vez
Ninguém resiste
Prova uma, prova duas, prova três
Fica triste, não, ninguém desiste

Do Porto à Cidade
Eta cheirinho bom
O lambe beiço não é novidade
É mais gostoso que um bombom

Caminhei toda a prainha
Na companhia de minha madrinha
Quando vinha, atravessei o Campo do Bode
Vê se pode. Parei na Bispo, só prá bispar.

O cheiro era um só e comecei a enxergar
Avistei Rua de baixo, Rua do Meio, Rua de Cima.
Que felicidade, encontrei na cidade
O Furundu que me anima

Andei aproveitando o mormaço
na Rua das Flores,o perfume não era de flores
flores de diversas cores, como se fosse abraço
mas o cheiro vinha do tacho

Não encontrei ninguém que pudesse andar
no meu rastro, era um Caí Caí.
Procurando o doce astro
Segui sozinha com o perfume das flores
Todas as ruas de Cuiabá em cores
Calcei minha precata
O povo gritava, Ó gata

Fui ao Quilombo, Lava Pés
Percorri toda a Rua da Fé
cheguei ao Goiabeiras à pé.
Eu me lembro, era 31 de março
Cansada, um amasso

Na Rua Grande eu fui pela calçada,
Por causa do sereno.
Procurando o quê? Ah! Furrundu...
Doce moreno, curtindo na rapadura sem cera

Acreditem pasmem – Sou sincera
Com tanta goiaba no Goiabeiras
Abelhas faziam um zum, zum,zum
Mas o cheiro era de furrundu

Cheguei no Beco Quente e Beco Sujo
Desci ao Tijucal,pulei o Poção, peguei o Gambá,
Sta Cruz, Sta Izabel, com tantos cheiros
Parecendo um sururu
Em destaque está o furrundu.

Atravessei o Largo da Mandioca e a Travessa do Cotovelo
Cheguei ao Limoeiro,
Mas não fiz nenhuma aposta,
Porque fui pelo canteiro.

Beco do Urubu, Araés, Lixeira, Baú
Já andei de déo em déo
e não cheguei ao Mundéo

Rua da Caridade, bem aí perto da Cidade.
Subi no Alto do Morro da Luz
E gritei sem assalto como relâmpago que reluz
Doce bom é Furrundu

Cuiabá, 17 de Agosto de 2011













---
Agora vamos estender o nosso BOM DIA a Cuiabá, Mato Grosso, Brasil e ao Mundo que neste momento esta precisando muito de um BOM DIA. Professora Aurelina Haydee do Carmo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dica: Quem não tem senha no Google/Gmail clique:
Comentar como: "Anônimo"
deixe seu nome, cidade e comentário.