Assista meu canal no Youtube

Loading...

domingo, 22 de março de 2015

Dia Mundial da Água 22 de março


João Cabral de Melo Neto, Rios sem discurso.

Quando um rio corta, corta-se de vez
 o discurso-rio de água que ele fazia;
cortado, a água se quebra em pedaços,
 em poços de água, em água paralítica.
 Em situação de poço, a água equivale
 a uma palavra em situação dicionária:
 isolada, estanque no poço dela mesma,
 e porque assim estancada, muda,
 e muda porque com nenhuma comunica,
 porque cortou-se a sintaxe desse rio,
 o fio de água por que ele discorria.
 O curso de um rio, seu discurso-rio,
 chega raramente a se reatar de vez;
 um rio precisa de muito fio de água
 para refazer o fio antigo que o fez.
 Salvo a grandiloquência de uma cheia
 lhe impondo interina outra linguagem,
 um rio precisa de muita água em fios
 para que todos os poços se enfrasem:
 se reatando, de um para outro poço,
 em frases curtas, então frase e frase,
 até a sentença-rio do discurso único
 em que se tem voz a seca ele combate

---
Agora vamos estender o nosso BOM DIA a Cuiabá, Mato Grosso, Brasil e ao Mundo que neste momento esta precisando muito de um BOM DIA. Professora Aurelina Haydee do Carmo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dica: Quem não tem senha no Google/Gmail clique:
Comentar como: "Anônimo"
deixe seu nome, cidade e comentário.