segunda-feira, 7 de setembro de 2015

7 de Setembro - ORAR POR NOSSA PÁTRIA

7 de Setembro - ORAR POR NOSSA PÁTRIA

Você já parou para pensar na recomendação paulina a Timóteo a fim de que orasse por todos os homens, em especial os que estão na posição de líder? Pare e pense! Paulo fez esta recomendação quando Nero era o imperador. Sabemos que Nero foi uma das figuras mais polêmicas da história. Ficou conhecido por suas atrocidades. Orar por alguém que admiramos não exige esforço algum, mas a Palavra de Deus nos exorta a orar por todos, sejam eles bons ou maus. Os cristãos eram perseguidos, presos e jogados no Coliseu para serem devorados pelos leões, mas eram incentivados a orar em favor de seus algozes. Tem você orado por nossos governantes? Que venhamos aprender com os irmãos da igreja do primeiro século a interceder em favor de todos os que estão em eminência, sejam eles justos ou injustos, pois esta é a vontade de Deus para nós.

ORAÇÃO POR TODOS OS HOMENS
1. “Deprecações” (2.1). O termo (gr. deesis) significa “suplicar, implorar, rogar por” alguém. É a intercessão a Deus por todos os homens, de modo ardente e compassivo. Embora Deus seja soberano e saiba de todas as coisas, Ele deseja ouvir nossas orações. O Senhor não somente nos ouve, mas também atende nossas súplicas. Não existe situação, por mais difícil que seja, que não possa ser resolvida mediante a oração. Paulo nos ensina a orar por todos aqueles que estão na liderança, seja na igreja, seja fora dela.
2. “Orações”. Alguns exegetas entendem que Paulo usava os termos como sinônimos. Mas, no original grego, as palavras empregadas são diferentes. “Orações” (gr. proseuche) refere-se ao termo comum para as orações em geral, de súplica, de louvor, de intercessão, etc.
3. “Intercessões”. Tem o sentido de “intervenção, mediação, interferência, intermédio”. Do grego enteuxis, significando “apelar para”, ou intercessões em geral, que se fazem em favor de alguém. Sempre foi difícil encontrar intercessores, mas atualmente está ainda mais difícil (Ez 22.30).
4. “Ações de graça”. Vem do termo grego eucharistia. A expressão é autoexplicativa, denotando orações em que a pessoa expressa sua gratidão a Deus por bênçãos recebidas, ou até por coisas adversas. Por isso, Paulo diz: “Em tudo dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco” (1Ts 5.18). Aqui está o porquê não podemos concordar com a ideia de que os quatro termos aqui usados são apenas sinônimos. Quem presta “ações de graça” não roga nem suplica.


*Orando por todos "A ordem de Paulo para orar pelos reis era notável, considerando que Nero, um governador publicamente conhecido por sua crueldade, era o imperador naquele momento. Quando Paulo escreveu esta carta, a perseguição era uma ameaça crescente para os crentes. Mais tarde - quando Nero precisou atribuir a culpa pelo grande incêndio que destruiu a maior parte de Roma, acusou os cristãos romanos para eliminar a suspeita em relação à sua própria pessoa. Então, houve uma grande perseguição aos cristãos por todo o Império Romano." Leia mais em Bíblia de Estudo Aplicação Pessoal, CPAD, p. 1702.
---
Agora vamos estender o nosso BOM DIA a Cuiabá, Mato Grosso, Brasil e ao Mundo que neste momento esta precisando muito de um BOM DIA. Professora Aurelina Haydee do Carmo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dica: Quem não tem senha no Google/Gmail clique:
Comentar como: "Anônimo"
deixe seu nome, cidade e comentário.