terça-feira, 27 de outubro de 2015

BEBER ou TOMAR



BEBER ou TOMAR
Conto –Aurelina Haydêe do Carmo.

Mãe desesperada leva a filha adolescente ao pronto atendimento de um Hospital da cidade. Filha aos prantos pois a alergia tomava conta do seu corpo. Estava já sem folego e tremia muito.

Hospital um saí e entra de pacientes, grito alucinante de ambulância. Muito choro, desespero total. Era um corre, corre de gente por todos os lados.
A mãe quase sem paciência vendo a sua filha se esvair devido a demora, toda hora contava nos dedos quantas pessoas faltavam para chegar a sua vez. E, cada vez mais, chegavam mais gente, muitos bem piores dos que já estavam lá e passavam na frente. Urgência, urgentíssima.

Também pudera, era um desses feriadões que emendavam com o sábado e o domingo.
Todos queriam desfrutar, feriado assim, há muito não acontecia e os noticiários diziam que o governo no ano que vem vai cortar muitos feriados.
Quase anoitecendo, lá de dentro gritaram o nome da menina.

Mãe e filha num só pulo adentraram o recinto onde estava o medico plantonista.
Então começou a consulta, todos os procedimentos de praxe.
Médico prescreve a receita.

A menina olhou a receita, letra de quem nunca fez uma linha de caligrafia.
Olhou firme para o médico...Pensou...eu não vou amanhecer, minhas forças estão se esvaindo, sem fôlego.
A receita dizia que era para ser ingerido  em jejum. Como já estava noite ela fez a seguinte pergunta:
Doutor? Será que posso beber depois da janta?
O médico raivoso, sem hesitar ,nem respeitou a mãe da menina, passou uma lição de moral (sabão).
Dizendo: olha aqui sua moça, será que nem você estando nesse estado, não pode ficar uma noite sem beber?
A mãe toda delicada, embora nervosa(não entendendo) pela alteração da voz do doutor, interpelou: moço , minha filha não bebe álcool...
Ela quis dizer-Beber o remédio, depois ou antes da janta, visto que ela está muito mal e como vai passar a noite sem tomar ou beber nenhum  medicamento?



Agora vamos estender o nosso BOM DIA a Cuiabá, Mato Grosso, Brasil e ao Mundo que neste momento esta precisando muito de um BOM DIA. Professora Aurelina Haydee do Carmo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dica: Quem não tem senha no Google/Gmail clique:
Comentar como: "Anônimo"
deixe seu nome, cidade e comentário.