sexta-feira, 13 de novembro de 2015

A rede

A rede
Aurelina Haydêe do Carmo

Balançar na rede.
Ah! coisa gostosa.
A vida que pedi
Prá DEUS.

Quando estendo a rede,
Deito e começo ver,
Sinto que estou navegando
Num mar de letras e começo a ler.

Rede a que me refiro,
É aquela curtida de fio cru,
Com varanda.
Ela não é virtual.

Balança ao sabor do vento.
Não tem atitude passiva
Como no facebook.
Na rede navego na WEB.

Neste cenário não sou solitário,
Não sou excluído do ciclo de atividades
Da felicidade
Camaradagem on-line.

Rede - lembra Facebook que recebe
Milhões de mensagens,
Viagens, festas,
Publicações que repercutem na Web.

Enquanto publicam em redes sociais,
Eu... na minha rede, aquela...
Curto meus melhores momentos,
Balançando ao sabor do vento.


Agora vamos estender o nosso BOM DIA a Cuiabá, Mato Grosso, Brasil e ao Mundo que neste momento esta precisando muito de um BOM DIA. Professora Aurelina Haydee do Carmo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dica: Quem não tem senha no Google/Gmail clique:
Comentar como: "Anônimo"
deixe seu nome, cidade e comentário.