domingo, 10 de maio de 2015

Uma cantiga de ninar ♪ ♫ ♩ ♫

Poesia:
Uma cantiga de ninar  ♪ ♫ ♩ ♫
Aurelina Haydêe do Carmo

Vi uma mãe cantando
Vi uma mãe chorando
Vi uma mãe sorrindo,
Cantando, chorando, sorrindo.
         Era uma mãe.
Uma cantiga de ninar.
O olhar do filho brilhava.
Ela não controlava.
Lagrimas misturavam com o sorriso.
           Cenário de brilho,
           Para seu filho
Quadro pintado na rocha,
Amor que abre portas.

Cantar é o que importa.

Poesia:Uma cantiga de ninar por Aurelina Haydêe do Carmo

---
Agora vamos estender o nosso BOM DIA a Cuiabá, Mato Grosso, Brasil e ao Mundo que neste momento esta precisando muito de um BOM DIA. Professora Aurelina Haydee do Carmo
dia das mães 2015

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dica: Quem não tem senha no Google/Gmail clique:
Comentar como: "Anônimo"
deixe seu nome, cidade e comentário.