Barra de vídeo

Loading...

terça-feira, 19 de janeiro de 2016

A Lua (poesia)

A Lua(poesia)
Aurelina Haydêe do Carmo
















Eu me lembro,
Uma vez pulei,
Dei um salto bem alto,
Quase voei,
Para pegar a lua.
Com a saia curta,
Fiquei quase nua.
Curta ou nua não importa.
Triste fechei a porta.
O que eu queria era a lua.
Descobri:
Ela não era minha

Nem sua.

Agora vamos estender o nosso BOM DIA a Cuiabá, Mato Grosso, Brasil e ao Mundo que neste momento esta precisando muito de um BOM DIA. Professora Aurelina Haydee do Carmo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dica: Quem não tem senha no Google/Gmail clique:
Comentar como: "Anônimo"
deixe seu nome, cidade e comentário.