sexta-feira, 4 de outubro de 2019

Brasil sonhado

Brasil sonhado

Brasil do meu amor!
Brasil sentimental de minha inspiração,
Eu quisera te ver sob a mesma bandeira
Que Cristo desfraldou por nossa salvação!

Mas entre tanta glória que te exalta,
Entre tanta riqueza e esplendor,
Infelizmente, meu Brasil, te falta
Melhor conhecimento do Senhor.

Repara o interior das tuas matas!
Teus sertões!...Tuas vilas afastadas!
Ali onde tu és ingênuo e lindo,
Onde cantas nas vozes das cascatas,
Onde gemes nas cordas dedilhadas,
E onde vives - tão nosso - sempre rindo.
É justamente ali, Brasil querido,
Que tu não tens o livro que te ilustre
Nem meios que t`o façam conhecido!

Eu te quisera ver na vanguarda do mundo,
Ovante, desfraldando o rubro pavilhão
Que Cristo desfraldou por seu amor profundo,
No Calvário imortal do seu grande perdão!

Assim eu te quisera, e assim é que te sonho,
Contemplando o teu mar, e este teu céu azul,
Em que vives suspenso, em que vives risonho,
No símbolo de fé do Cruzeiro do Sul.

Mas eu creio, Brasil, no milagre eloqüente
Do eterno sacrifício do Senhor,
Para seres no mundo, brevemente,
Uma luz, uma bênção refulgente,
Brasil do meu amor! ...


*Esta poesia de Mario Barreto França foi declamada por Aurelina Haydêe do Carmo no sesquicentenário da Independência do Brasil. 
Agora vamos estender o nosso BOM DIA a Cuiabá, Mato Grosso, Brasil e ao Mundo que neste momento esta precisando muito de um BOM DIA. Professora Aurelina Haydee do Carmo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dica: Quem não tem senha no Google/Gmail clique:
Comentar como: "Anônimo"
deixe seu nome, cidade e comentário.