quarta-feira, 25 de dezembro de 2019

A Canção do Natal
Mário Barreto França

O campo verde, cheio de flores,
Com boas-novas para os pastores,
Amanheceu;
E coros de anjos, de harpa e saltério,
Cantam hosanas - doce mistério! -
Jesus nasceu!

Aos que possuem boa vontade,
Essa mensagem de caridade
Deus concedeu;
Glória perene lá nas alturas
E paz na terra pras criaturas!
Jesus nasceu!

Divina estrela, no céu luzente,
Aos grandes magos do extremo Oriente,
Apareceu...
E, sobre o teto da estrebaria,
Pairando, excelsa, lhes anuncia:
- Jesus nasceu!

O ouro, a mirra e a pura essência
Que lhe ofertaram com reverência
Deus recebeu,
Como o concerto da Nova Aliança,
Que para a nossa doce esperança
Jesus nasceu!

E o céu, e a terra, e o vento, e os ninhos
E o sol, e os mares, e os passarinhos,
Tudo correu
Aos quatro cantos do mundo inteiro,

Anunciando, como um luzeiro:
- Jesus nasceu!

Passam os anos, e a vida passa.
Mas, para sempre, temos a graça
Que ele nos deu;
Porque, nas almas dos desgraçados
Que se arrependem dos seus pecados,
Jesus nasceu!

Homem, não chores o teu destino!
Esse presépio do Deus-Menino
Permaneceu,
Para que a estrela da fé, brilhando
Dentro em tua alma, diga cantando:
- Jesus nasceu!


Do livro Primícias da Minha Seara (1984)
Agora vamos estender o nosso BOM DIA a Cuiabá, Mato Grosso, Brasil e ao Mundo que neste momento esta precisando muito de um BOM DIA. Professora Aurelina Haydee do Carmo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dica: Quem não tem senha no Google/Gmail clique:
Comentar como: "Anônimo"
deixe seu nome, cidade e comentário.