Barra de vídeo

Loading...

sábado, 27 de junho de 2015

FELICIDADES-J.A(meu filho).

FELICIDADES-J.A(meu filho).


Hoje é o aniversário do meu filho (27/06), companheiro de todos os momentos, nunca me decepcionou, só me dá alegrias-agradeço a Deus.

É uma verdadeira festa para eu cantar o “Parabéns prá você”.
Hoje, mesmo com a voz meio desafinada (risos), canto o parabéns, sentimento do fundo do coração.

Quando tenho um tempinho, sento na área, na cadeira de balanço e fico relembrando: quantas reminiscências...

Como dizíamos nós (os antigos) a luz foi embora- queríamos dizer a energia acabou. Então para esperar ela voltar, ficávamos no escuro, na esperança que logo ela voltaria a nos iluminar.

Então de vez em quando, ela dava uma piscadinha, era só grito de alegria de toda a criançada.
As lamparinas sempre de prontidão.  As vezes perdíamos os fósforos e corríamos nos vizinhos para acender a nossa luminária, até acabar o querosene.

Tudo isso era numa capital... Parecia aquela musiquinha que todos nós cantávamos. Era assim: Rio de Janeiro- de dia falta água, de noite falta luz. Éramos mais felizes que os cariocas, só faltava luz, água tínhamos em abundancia.

Então, enquanto esperávamos a luz voltar, não tendo nada a fazer (era um verdadeiro breu), eu começava a cantar, até o sono chegar.

Engraçado que hoje ele sente saudades daqueles dias, quando aprendeu muitas musicas que hoje dificilmente ouvimos. Esses dias recebi de presente um CD do Balão Mágico que no intervalo de um curso de Pós Graduação o professor para descontrair seus educandos colocou na agulha e foi só grito de saudosismo.

Hoje, eu acho graça da maneira polida como meu filho tratava as coisas que ele não apreciava. Como por exemplo: Quando ele não gostava de determinada verdura, como pedindo desculpas, para não me machucar, ele comia ou melhor engolia uma colherada e dizia “Mãe tá gostoooso, mas eu não quero mais.

Eu sou uma mãe que nunca contei estórias, nem do Lobo Mau, cresci lendo as revistas Cruzeiro, Manchete. Depois aprendi História; mas cantar... já nasci com esse dom.

Diz o povo que canto e encanto. Eu sou aquela do adágio popular “Quem canta seus males espanta”. Por isso minha vida é só alegria.

Há, já ia esquecendo, meu filho já compôs duas letras com partitura e tudo “O povo lá de cima e o de baixo”e a outra “Larga de Lero,lero” e começou a escrever um livro que será publicado.(estórias infantis) com desenhos e tudo que tem direito. Quando? Não sei...só começou..., guardo com muito carinho o esboço.

Parabéns meu filho, que Deus te conceda muitos Anos de Vida, Saúde e Felicidades.

Escrito por Aurelina Haydee do Carmo

---
Agora vamos estender o nosso BOM DIA a Cuiabá, Mato Grosso, Brasil e ao Mundo que neste momento esta precisando muito de um BOM DIA. Professora Aurelina Haydee do Carmo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dica: Quem não tem senha no Google/Gmail clique:
Comentar como: "Anônimo"
deixe seu nome, cidade e comentário.