Barra de vídeo

Loading...

terça-feira, 15 de março de 2016

Poesia: A casa

Poesia
A casa.
Aurelina Haydêe do Carmo










Saudades...
A casa era cheia de gente.
Pai, mãe e muitos irmãos.
Cresceram de repente,
Deixando saudades no coração.

Hoje a casa está lá...
Quantas reminiscências
Ela guardará...
E, na minha consciência.

Coisas lindas relembradas.
Saudades...
Do passado...

Distante?!
Talvez sim, talvez não.

O importante é a união.

Agora vamos estender o nosso BOM DIA a Cuiabá, Mato Grosso, Brasil e ao Mundo que neste momento esta precisando muito de um BOM DIA. Professora Aurelina Haydee do Carmo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dica: Quem não tem senha no Google/Gmail clique:
Comentar como: "Anônimo"
deixe seu nome, cidade e comentário.