segunda-feira, 17 de agosto de 2020

Achei a Porta( Aurelina Haydêe do Carmo)

Achei a Porta( Aurelina Haydêe do Carmo)

Parece que vim
De uma guerra,
Fugindo de uma terra
Onde todos riam de mim.

Pouco importa...
Salva estou sem ferida.
Achei a porta.
Da pátria preferida.

Celebrando e celebrante,
Forte como diamante,
Cantarei o hino da Vitória.

Sofremos encarcerados,
Nossos lares cerrados.
Venceremos – OH! GLÓRIA.

Cuiabá- MT 15/07/20

Agora vamos estender o nosso BOM DIA a Cuiabá, Mato Grosso, Brasil e ao Mundo que neste momento esta precisando muito de um BOM DIA. Professora Aurelina Haydee do Carmo

Aurelina Haydêe do Carmo

Professora Aposentada UFMT / Poetisa / Bloqueira

www.BomDiaCuiabá.com.br

     
aurelinacarmo@gmail.com
www.BomDiaCuiaba.com.br
 
 
 
 
facebook   instagram  
 
 

 


quinta-feira, 13 de agosto de 2020

Meu Refúgio ( Aurelina Haydêe do Carmo).

Meu Refúgio ( Aurelina Haydêe do Carmo).

Num dia específico
De Março.
Lembro – foi bem pacífico.
Sem embaraço,
Recolhemos
E lemos:
Salmo noventa e um.
Após a leitura,
Sem entender,
Procura, cada um
Abrigo do Altíssimo.

Cuiabá- 15/07/20


Agora vamos estender o nosso BOM DIA a Cuiabá, Mato Grosso, Brasil e ao Mundo que neste momento esta precisando muito de um BOM DIA. Professora Aurelina Haydee do Carmo

Aurelina Haydêe do Carmo

Professora Aposentada UFMT / Poetisa / Bloqueira

www.BomDiaCuiabá.com.br

     
aurelinacarmo@gmail.com
www.BomDiaCuiaba.com.br
 
 
 
 
facebook   instagram  
 
 

 

segunda-feira, 10 de agosto de 2020

Esperando Resposta ( Aurelina Haydêe do Carmo)

Esperando Resposta ( Aurelina Haydêe do Carmo)

Acordei cedo.
Sentada na sacada,
Percebo que o barulho do tráfego,
Deturpa minha manhã.

Acolho o som,
Penso...
Nós e a cidade estamos Viva.
A quietude da manhã
É apenas o silêncio
De minha alma.

Agradeço de mãos postas.
De DEUS, vem a resposta.

Agora vamos estender o nosso BOM DIA a Cuiabá, Mato Grosso, Brasil e ao Mundo que neste momento esta precisando muito de um BOM DIA. Professora Aurelina Haydee do Carmo

Aurelina Haydêe do Carmo

Professora Aposentada UFMT / Poetisa / Bloqueira

www.BomDiaCuiabá.com.br

     
aurelinacarmo@gmail.com
www.BomDiaCuiaba.com.br
 
 
 
 
facebook   instagram  
 
 

 


quinta-feira, 6 de agosto de 2020

Cadeira de Balanço (Aurelina Haydêe do Carmo)

Cadeira de Balanço (Aurelina Haydêe do Carmo)

Sentada na cadeira
Aqui na minha eira,
Até onde a vista alcança.

No vai e vem
Do balanço,
Não vejo ninguém,

Pensamento balança.

A praça vazia.
Exercícios ninguém fazia.
Que situação!

Sol escaldante
Mas, nada como antes.
Medito... estamos em qual estação?

Cuiabá-MT, junho de 2020


Agora vamos estender o nosso BOM DIA a Cuiabá, Mato Grosso, Brasil e ao Mundo que neste momento esta precisando muito de um BOM DIA. Professora Aurelina Haydee do Carmo

Aurelina Haydêe do Carmo

Professora Aposentada UFMT / Poetisa / Bloqueira

www.BomDiaCuiabá.com.br

     
aurelinacarmo@gmail.com
www.BomDiaCuiaba.com.br
 
 
 
 
facebook   instagram  
 
 

 

segunda-feira, 3 de agosto de 2020

Poema de Davi, quando ele estava na caverna. Uma oração.

Poema de Davi, quando ele estava na caverna. Uma oração.

Salmos 142

1 Em alta voz clamo ao Senhor;

elevo a minha voz ao Senhor,

suplicando misericórdia.

2 Derramo diante dele o meu lamento;

a ele apresento a minha angústia.

 

3 Quando o meu espírito se desanima,

és tu quem conhece o caminho

que devo seguir.

Na vereda por onde ando

esconderam uma armadilha contra mim.

4 Olha para a minha direita e vê;

ninguém se preocupa comigo.

Não tenho abrigo seguro;

ninguém se importa com a minha vida.

 

5 Clamo a ti, Senhor, e digo:

"Tu és o meu refúgio;

és tudo o que tenho que na terra dos viventes.

6 Dá atenção ao meu clamor,

pois estou muito abatido;

livra-me dos que me perseguem,

pois são mais fortes do que eu.

7 Liberta-me da prisão,

e renderei graças ao teu nome.

Então os justos se reunirão à minha volta

por causa da tua bondade para comigo".

 Fonte:  Biblia Vida Melhor

Agora vamos estender o nosso BOM DIA a Cuiabá, Mato Grosso, Brasil e ao Mundo que neste momento esta precisando muito de um BOM DIA. Professora Aurelina Haydee do Carmo

Aurelina Haydêe do Carmo

Professora Aposentada UFMT / Poetisa / Bloqueira

www.BomDiaCuiabá.com.br

     
aurelinacarmo@gmail.com
www.BomDiaCuiaba.com.br
 
 
 
 
facebook   instagram  
 
 

 

quinta-feira, 30 de julho de 2020

Sou cuiabana | Aurelina Haydêe do Carmo

Sou cuiabana | Aurelina Haydêe do Carmo

Sou cuiabana.
Meu jeito não engana,
Orgulho de ter nascido aqui,
Gosto de arroz com pequi.

Meu falar é carregado,
Transmitindo nossa cultura.
Este é nosso legado,
Com muita desenvoltura.

CUIABÁ – tricentenária 
Linda, linda.
Mesmo antiga, o cenário,
Cada vez mais querida.

Cuiabá de ontem e de hoje
Respira bons fluidos,
Recebe gente de longe

Como nos tempos idos.

_____________________________________________________________________________

Agora vamos estender o nosso BOM DIA a Cuiabá, Mato Grosso, Brasil e ao Mundo que neste momento esta precisando muito de um BOM DIA. Professora Aurelina Haydee do Carmo

Aurelina Haydêe do Carmo

Professora Aposentada UFMT / Poetisa / Bloqueira / www.BomDiaCuiabá.com.br

     
aurelinacarmo@gmail.com
www.BomDiaCuiaba.com.br
facebookinstagram
 
 
 
   
 
 

 

segunda-feira, 27 de julho de 2020

Metade | Aurelina Haydêe do Carmo

Metade | Aurelina Haydêe do Carmo

Quando vim do MEIO-NORTE.
A distância era de MEIO-TERMO.
Não tive medo da morte,
Pois Deus é amigo supremo.

 Tocando em MEIO-TOM,

Tropecei no MEIO-FIO.
Fiz um SEMI-TOM,
Minhas mãos tremiam de frio

Levantei o olhar, o relógio batia,
Doze horas ou MEIO-DIA.
A manhã e a tarde, como duas metades.
Corria para formar o dia.

O MEIO-AMBIENTE não estava bom,
Procurava um MEIO de pagamento,
Para comprar o meu pão,
Perdi METADE do tempo.

Para nossa sobrevivência,
Fiquei no MEIO,
No ponto equidistante
Dos extremos.

Mesmo dividida no MEIO,
Sentia no Centro.
De repente a penumbra veio,
Parecendo cobrir o relento

Uma claridade dúbia,
Permanecia à MEIA-LUZ.
Olhei o céu e vi MEIA-LUA,
Não era noite nem dia.

O relógio marcava 24 horas.
Exatamente MEIA-NOITE.
Calcei a minha MEIA
De algodão, lã, seda, não sei...


Subi no telhado de MEIA-ÁGUA,

Para ver a partida,
Como era muito plano
Fiquei MEIO derretida.

Olhando o MEIA-DIREITA,

Que atleta!
Melhor que o MEIA-ESQUERDA,
Ele ficou em alerta.

Para não passar da linha
Nem MEIA-DIREITA,
Nem MEIA-ESQUERDA.
Devido a MEIA-ESTAÇÃO,
Fico no MEIO-TERMO,
JÁ passei da MEIA-IDADE.

Sinto MEIA-TINTA,
Entre luz e sombra...
MEIO em que vivo é incompleto,
Inacabado... é apenas MEIO.
ME-TA-DE.

Autora: Aurelina Haydêe do Carmo

Agora vamos estender o nosso BOM DIA a Cuiabá, Mato Grosso, Brasil e ao Mundo que neste momento esta precisando muito de um BOM DIA. Professora Aurelina Haydee do Carmo

Aurelina Haydêe do Carmo

Professora Aposentada UFMT / Poetisa / Bloqueira

www.BomDiaCuiabá.com.br

     
aurelinacarmo@gmail.com
www.BomDiaCuiaba.com.br
 
 
 
 
facebook   instagram