sexta-feira, 27 de abril de 2018

Memória de criança

Memória de criança
 Aurelina Haydêe do Carmo

Óleo sobre tela: 30 x 40 Artista Plastica Aurelina Haydêe do Carrmo
Eu me lembro.
Rio limpo, águas cristalinas...
Sentada na proa da canoa,
contando os cardumes passarem...

Passavam cardumes e mais cardumes.
Peixes grandes e pequenos,
não dava tempo de contar.
Eram muitos, pareciam brigar.


Peixes nobres como pacu e pintado
não sobravam no jacá.
Antes de serem pescados
já eram encomendados.

Ah! Rio Cuiabá,
quantas lembranças
você me traz...

*Poesia Autoral: Aurelina Haydêe do Carmo
Agora vamos estender o nosso BOM DIA a Cuiabá, Mato Grosso, Brasil e ao Mundo que neste momento esta precisando muito de um BOM DIA. Professora Aurelina Haydee do Carmo