sexta-feira, 9 de outubro de 2020

A vida vale ouro | Aurelina Haydêe do Carmo

A vida vale ouro
Aurelina Haydêe do Carmo










Nasceu, nasceu.
O Nenê – o bebê.
Corre, em cima do girau
Tem dois foguetes e
O fubá do mingau

Pega um (foguete) e solta
No meio do terreiro.
Amarra o franguinho
Prá não ficar arisquinho.

Escutando o rojão
No silêncio da mata,
Parecia um trovão.

Os vizinhos correm em direção,
Para ver quem chega primeiro,
E dar sua benção.

Deitada no berço improvisado,
Lá estava o bebê – muitas opiniões.
Na parede a folhinha –
O nome que recebeu – AURELINA.

Muitas querendo ser madrinha.
Primeiro presente – uma bola de ouro.
Guardei bem escondidinho,
Foi embora no sumidouro.

Atravessei muitos redemoinhos.
Mas a vida vale ouro.
Um rojão – significa menina.
Vivo feliz como DEUS determina.

Poesia Autoral: Aurelina Haydêe do Carmo
_________________________________________________________

Agora vamos estender o nosso BOM DIA a Cuiabá, Mato Grosso, Brasil e ao Mundo que neste momento esta precisando muito de um BOM DIA. Professora Aurelina Haydee do Carmo

Instagram | instagram.com/aurelinacarmo

Facebook | https://www.facebook.com/bomdiacuiaba

YouTube | https://www.youtube.com/user/Bomdiacuiaba/videos

Aurelina Haydêe do Carmo

Professora Aposentada UFMT
Poetisa, escritora e Blogueira.

📙Escritora do livro "Bom dia Cuiabá"⁣
👇🏻Veja minhas poesias e contos no blog: www.bomdiacuiaba.com.br
     
aurelinacarmo@gmail.com
www.BomDiaCuiaba.com.br

 
 
 
facebook   instagram  
 
 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dica: Quem não tem senha no Google/Gmail clique:
Comentar como: "Anônimo"
deixe seu nome, cidade e comentário.