Barra de vídeo

Loading...

sexta-feira, 31 de maio de 2013

Bom Dia Cuiabá, Parabéns minha irmã

Nasceu a nossa irmãzinha, linda, robusta.

Assim que os vizinhos souberam da noticia, a casa foi enchendo, interessante que um casal amigos de meus pais lá do outro lado da cidade, apressadamente pegou a sua chimbica e veio dar “Boas Vindas” ao rebento.

Ao chegar fizeram uma oração muito linda e comovente e ao despedir entoaram o Hino de nº196 da Harpa Cristã.

Começa assim: “ Já achei uma flor gloriosa. E quem deseja a mesma terá; A rosa de Saron preciosa Entre mil mais beleza terá... Faz taaaaaaaanto tempo rsrs. Não dá de contar nos dedos das mãos e dos pés.

Esta minha irmã cresceu, linda, era até chamada de manequim pelos colegas da Universidade Federal.

Ela não era, é “Mulher de Verdade” lutou na vida e com a vida; e está vencendo, colhendo os seus bons frutos.

É a rosa de seus filhos, de suas irmãs e seus amigos. Minha irmã não tenho palavras para falar o quanto eu te amo, dedico este post a você. Receba minhas orações.

Saúde, Paz e muitas felicidades! ...

Você verdadeiramente é “Mulher de Verdade” e como Rosa continue exalando perfume com suas ações e sabedoria.
---
Agora vamos estender o nosso BOM DIA a Cuiabá, Mato Grosso, Brasil e ao Mundo que neste momento esta precisando muito de um BOM DIA. Professora Aurelina Haydee do Carmo.

terça-feira, 28 de maio de 2013

Bom Dia Cuiabá, Profetas Menores, Zacarias



Profetas Menores, Zacarias:

Zacarias 8:22
Assim virão muitos povos e poderosas nações, a buscar em Jerusalém ao SENHOR dos Exércitos, e a suplicar o favor do SENHOR.

“O futuro programa de Deus para o povo
Zacarias teve uma visão escatológica muito mais detalhada e completa que os outros profetas menores dos séculos VI e V. [...] Embora o tom global permaneça otimista, o profeta previu que a liderança do Senhor seria rejeitada, o que necessitaria julgamento purificador. O Senhor, porém, intervirá a favor do povo em uma batalha culminante. Isto levará ao arrependimento o povo e à concessão das bênçãos divinas.
A restauração de Jerusalém é central aos capítulos 1 a 8. Ao declarar a profunda ligação emocional com a cidade, o Senhor promete restaurar-lhe a prosperidade (Zc 2.10,11; 8.1-5). Tomará residência uma vez mais em Sião (Zc 2.10,11; 8.3) e sobrenaturalmente a protegerá (Zc 2.5). O foco da cidade restaurada será a habitação de Deus, o Templo reconstruído (Zc 1.17). Esses residentes da cidade que ainda estão no exílio voltarão em grandes levas (Zc 2.4,6,7; 8.7,8). Sinais das bênçãos divinas serão visíveis nas ruas da cidade, onde os que chegarem a uma idade madura verão crianças brincando contentemente (Zc 8.4,5). Embora muitos se maravilhem com esta reversão na situação de Sião, o Senhor todo Todo-Poderoso não compartilhará desse assombro, pois nada está acima do seu poder (v.6).

[...] Os capítulos de 1 a 8 de Zacarias também foca a liderança da Jerusalém restaurada. Sacerdotes e rei desempenham papéis proeminentes nestes capítulos. Na quarta visão noturna do profeta (Zc 3.1-10), ele testemunhou a purificação de Josué, o sumo sacerdote na comunidade pós-exílica daquela época. As ‘vestes sujas’ de Josué, símbolo do pecado, foram trocadas por ‘vestes novas’ e uma mitra limpa lhe foi colocada na cabeça (Zc 3.3-5). O Senhor encarregou Josué de obedecer aos mandamentos e prometeu recompensar-lhe a obediência, dando-lhe autoridade sobre o serviço do Templo e acesso ao conselho de Deus (vv. 6,7). Claro que a mensagem se aplica à nação inteira, porque Josué, como sumo sacerdote, representava o povo. O fato de ter sido limpo simbolizava o restabelecimento da nação como um todo e, mais particularmente, dos sacerdotes que faziam mediação entre Deus e o povo” (ZUCK, R. B. (Ed.) Teologia do Antigo Testamento. 1 ed., RJ: CPAD, 2009, pp.457-58).
---
Agora vamos estender o nosso BOM DIA a Cuiabá, Mato Grosso, Brasil e ao Mundo que neste momento esta precisando muito de um BOM DIA. Professora Aurelina Haydee do Carmo www.bomdiacuiaba.com.br

sexta-feira, 24 de maio de 2013

Bom Dia Cuiabá, A Enchente


A Enchente -
Por Aurelina Haydee do Carmo

Ela foi chegando devagar... de repente esparramou! Foi como um furacão, devastador. Eu era bem jovem, mas o suficiente para entender o drama dos ribeirinhos. Caminhões com homens do exercito ajudavam a fazer a remoção para uma área segura, isto depois de dar ordens de desocupação da área.

Nossos corações ardia de dor e dó.
Ali  os ocupantes tinham o seu lar, seus parentes, seus vizinhos. Lembro muito bem casas lindas, com janelas de madeira de lei, casas amarelas, azuis, verdes, todas com barrados em alto relevo.

Sempre com as portas e janelas abertas, como sinal de convite para a felicidade entrar. Mas a enchente veio levando tudo, até as esperanças.

Minha mãe muito caridosa não descuidava da alimentação de todos que a procurava. Pão, macarrão com carne moída, sopa, farofa de banana, bolo de milho etc, ela distribuía em abundancia.

Aprendemos desde cedo com o pouco que tínhamos a distribuir e com muita satisfação e alegria. Nossa casa era cheia de gente. Interessante que eram pessoas alegre e agradecidas por tudo. O rio ia subindo... num piscar de olhos, não mais divisávamos o que era rua, o que era rio e o que era água das chuvas.
Calamidade Pública!
A ponte do Benadade sumiu!

A travessia que era com pés molhados, batelão, chegávamos as partes mais altas. Alguns moradores ainda estavam lá. Muitas cobras, animais peçonhentos corriam a procura de abrigo.
agora alcançava os joelhos, a cintura. E agora! Só de Canoa ou

O rio subia... a larga Avenida 15 de Novembro, ninguém mais transitava, a água chegava as portas do quartel da policia e ameaçava subir as escadarias da grande igreja em que a culmina com um globo azul parecendo que o mundo estava testemunhando toda trajedia pelo qual nossa cidade passava.

Do ano de 1974, quem viveu aqui, não esquece, ficou marcado. Hoje transmitimos oralmente esta triste página para nossos filhos, netos e bisnetos. Com arranjos da engenharia parece que estamos livres de enchentes dessa natureza;

Vamos gente, ter mais educação. Não jogue lixo nos esgotos, pois o pé d`água ou cabeça d´agua pode vir de repente e nos vamos provocar novas enchentes.

*Batelão: Embarcação robusta, de fundo chato, para desembarque ou transbordo de carga.

---
Agora vamos estender o nosso BOM DIA a Cuiabá, Mato Grosso, Brasil e ao Mundo que neste momento esta precisando muito de um BOM DIA. Professora Aurelina Haydee do Carmo

quarta-feira, 22 de maio de 2013

Pé d´água

Pé d´água
Por Aurelina Haydee do Carmo

Estava pronta para sair, fui fechar as janelas, avistei lá no poente, uma nuvem escura, imaginando..., falei alto: " Vem um pé d´ água" que não estava escrito. Para esperar a chuva passar, liguei a TV e estava começando "Jornal Hoje", a noticia era de um temporal que sobreveio em uma cidade brasileira matando duas pessoas.

Dizia a repórter: "A cabeça d´água violentamente imundou todo o povoado" Nisto, quem estava comigo, fez a pergunta: - O que é cabeça d´ água? respondi: - Ouço falar "pé d´ água", que é aquele escurão no céu, corre prá ver, já começou.

Nesse ínterim a jornalista, perguntou para a repórter ( não me lembro o nome dela), O que é cabeça d´ água?, Preciso explicar aos telespectadores, talvez muitos não saibam o que significa "cabeça d´ água. Ela fez a explicação exatamente no momento justinho que também nós exigíamos um esclarecimento, - é aquela água que vem do alto dos morros e esparrama e leva tudo que vem pela frente.

Fica a dúvida: E o pé d´água o que será? Olho d´água nos sabemos, estudamos lá no primário.
E o primário o que é? só nós do século passado sabemos responder. rsrs
  
---
Agora vamos estender o nosso BOM DIA a Cuiabá, Mato Grosso, Brasil e ao Mundo que neste momento esta precisando muito de um BOM DIA. Professora Aurelina Haydee do Carmo

quinta-feira, 16 de maio de 2013

Bom Dia Cuiabá, Profetas Menores:Ageu

Já estamos sentindo saudades...
Este é o penúltimo comentário dos Profetas Menores.
---------------

Profetas Menores:Ageu

Semeais muito, e recolheis pouco; comeis, porém não vos fartais; bebeis, porém não vos saciais; vesti-vos, porém ninguém se aquece; e o que recebe salário, recebe-o num saco furado. Ageu 1:6

Não há, além do profeta, outro Ageu no Antigo Testamento. O seu nome aparece nove vezes na profecia e duas no livro de Esdras (Ed 5.1; 6.14). Ageu foi o primeiro profeta a atuar no pós-exílio. Seu chamado ocorreu cerca de dois meses antes de Zacarias receber o primeiro oráculo: “no ano segundo do rei Dario” em 520 a.C (1.1; Zc 1.1). O fato de Ageu apresentar-se como “profeta” (vv.1,3,12; 2.1,10) demonstra que os contemporâneos reconheciam-lhe o ofício sagrado. Além dele, apenas Habacuque e Zacarias mencionam o ofício profético em suas apresentações (Hc 1.1; Zc 1.1).

Estrutura e mensagem. O livro consiste de quatro curtos oráculos. O primeiro foi entregue “no sexto mês, no primeiro dia do mês” (v.1) [mês hebraico de elul, 29 de agosto]; o segundo, “no sétimo mês, ao vigésimo primeiro do mês” (2.1) [mês de tisrei, 17 de outubro]; o terceiro e o quarto oráculos vieram no mesmo dia, o “vigésimo quarto dia do mês nono” (2.10,20) [mês de quisleu, 18 de dezembro]. A revelação foi dada diretamente por Deus (vv.1,3). Apenas Ageu apresenta com tamanha precisão as datas do recebimento dos oráculos. O tema do livro é reconstrução do Templo. Dos a 38 versículos divididos em dois capítulos, dez falam da Casa de Deus, em Jerusalém (vv.2,4,8,9,14; 2.3,7,9,15,18). Em o Novo Testamento, Ageu é citado uma única vez (2.6; Hb 12.26,27).

Convite à reflexão. No versículo cinco, vemos um apelo à consciência e ao bom senso, pois é o próprio Deus quem fala. Tal exemplo mostra que devemos parar e refletir, avaliando a situação à nossa volta, percebendo, inclusive, o agir do Senhor.

CONCLUSÃO
A lição de Ageu tem muito a ensinar-nos. Não devemos encarar a nossa responsabilidade e compromisso como fardos pesados, mas recebê-los como algo sublime. É honra e privilégio fazer parte do projeto e do plano divinos, mesmo em situação adversa (At 5.41). Assim, somos encorajados por Jesus a atuar na seara do Mestre a fim de que a nossa luz brilhe diante dos homens e Deus seja glorificado (Mt 5.16).

Fonte: LBD. Resumo esquematizado por Aurelina Haydee do Carmo 
---
Agora vamos estender o nosso BOM DIA a Cuiabá, Mato Grosso, Brasil e ao Mundo que neste momento esta precisando muito de um BOM DIA. Professora Aurelina Haydee do Carmo

segunda-feira, 13 de maio de 2013

Bom Dia Cuiabá,

Um pouco da historia do Brasil, sobre os escravos.

Em 13 de maio de 1888 era assinada pela Princesa Regente D. Isabel, a Lei Áurea - que abolia a escravidão no Brasil.

O historiador português Oliveira Martins, descreve nestes têrmos tão triste espetáculo: " Amontoada no porão, quando o navio jogava batido pelo temporal, a massa de corpos negros agitava-se como um formigueiro de homens, para beber ávidamente um pouco desse ar lúgubre que se escoava pela escotilha gradada de ferro. Havia, lá no seio do navio balouçado pelo mar, ferozes lutas, gritos, uivos de cólera e desespero.

Os que a sorte favorecia, nesse ondear de carne viva e negra, apertavam-se à luz e olhavam a estreita nesga do céu. Na obscuridade do antro os infelizes, promiscuamente arrumados a monte, ou caíam inânimes num torpor letal, ou mordiam, desesperados e cheios de fúrias. Estrangulavam-se, esmagavam-se: a um saíam-lhe do ventre as entranhas, a outro quebra-vam-se-lhes os membros nos choques dessas obscuras batalhas. E a massa humana, cujo rumor selvagem saía pela escotilha aberta, revolcia-se no seu antro afogada em lágrimas e em imundície. Quando o navio chegava ao porto de destino, - 
uma praia deserta e afastada o carregamento desembarcava; e à luz clara do sol dos trópicos aparecia uma coluna de esqueletos cheios de pústulas, com o ventre protuberante, as rótulas chagadas, a pele rasgada, comidos de bichos, com o ar parvo e esgazeado dos idiotas. Muitos não se mantinham em pé; tropeçavam, caíam, e eram levados aos ombros como fardos.”

Grande parte da carga humana era vitimada, dizimada pela saudade ( o banzo), os maus tratos, o ajuntamento, a imundície, a falta de ar, as doenças. De quatrocentos escravos chegavam às vezes vivos, ao seu destino, apenas trezentos.

Fonte: Pequisa feita por Aurelina Haydee do Carmo in W.M JACKSON, INC
 ---
Agora vamos estender o nosso BOM DIA a Cuiabá, Mato Grosso, Brasil e ao Mundo que neste momento esta precisando muito de um BOM DIA. Professora Aurelina Haydee do Carmo

domingo, 12 de maio de 2013

Bom Dia Cuiabá, AS MÃES SÃO FLORES


Eu era bem jovem quando declamei pela 1ª vez esta linda poesia, acho que ela dispensa comentários

FELIZ DIA DAS MÃES.
-----------------------------------

As Mães são Flores



Gióia Junior


São como as flores,
São como as flores, na suavidade, no aroma e cor
No sacrifício da mocidade, na doce benção, no puro amor.

São como as rosas maravilhosas, são como lírios, brancos de paz,
São flores belas de raras cores, são como aroma que satisfaz

Cores e flores, perfumes, brilhos,
Dão-se inteirinhas de coração.
Vivem na vida dos próprios filhos,
Vivem ternura, vivem perdão.

As mães são flores,
As mães queridas, são margaridas, são girassóis,
Belas estrelas que a terra nutre ao beijo quente de muitos sóis.

As mães são flores, mas flores murcham, Têm vidas curtas, sacrificiais.
Que vivam muito, pedimos hoje, ao Deus bendito,
Que vivam mais.

As mães são flores, rubras, douradas, iluminadas e muito amadas.
Sonho e afeição. Casa na rocha, que não se abala,
Ouvido e fala, verso e canção.

As mães são flores.
Deus as proteja, Deus cuide delas com muito amor.
As mães são flores, queridas flores, flores no trono do Salvador

Jardim é a vida. As mães são flores.
E no seu dia, cantamos nós:
"Deus dê a todas este presente:
Que vivam muito, mais do que a gente.
Para que nunca fiquemos sós."

---
Agora vamos estender o nosso BOM DIA a Cuiabá, Mato Grosso, Brasil e ao Mundo que neste momento esta precisando muito de um BOM DIA. Professora Aurelina Haydee do Carmo

quinta-feira, 9 de maio de 2013

Bom Dia Cuiabá, O Desejo de mãe

Gosto muito do modo de fazer poesia deste autor, por isso estou repassando para meus leitores.

Parabéns Mamãe!

O Desejo de mãe

No dia das mães – não trago um presente
Não trago uma flor – Só trago um pedido
Não Trago angustia – trago o meu amor

Bendita entre todas as demais mulheres,
Pede o que quiseres
Para que eu Demonstre a minha gratidão

Não desejo nada, Diz a mãe amada
Não Preciso nada. Não te peço nada,
Dá-me a tua mão

Se quiseres busco a estrela mais preciosa
Ponho no jardim a mais bela rosa,
Arranco do chão
O que de mais belo possa dar o solo ...
Dá-me a tua mão e faremos uma oração.
Fixa nos meus olhos o teu olhar sereno
Eu quero de novo te sentir pequeno.
Embalar-te ao colo
Dá-me a tua mão.

Filho não me esqueças
Eu quero de novo cantar a canção
A canção antiga para que adormeças
Que importa se és forte
Se tens graça ou brilho,
Se enfrentas a morte.
Se zombas do exílio.
Para outras creais,
Serás rumos e sorte,
Para mim apenas
Tú serás meu filho.

(Gióia Júnior)
---
Agora vamos estender o nosso BOM DIA a Cuiabá, Mato Grosso, Brasil e ao Mundo que neste momento esta precisando muito de um BOM DIA. Professora Aurelina Haydee do Carmo

terça-feira, 7 de maio de 2013

Bom Dia Cuiabá, Oração da Maçaneta

Esta poesia de Gióia Júnior embora escrita na metade do século passado, continua atualíssima.

ORAÇÃO DA MAÇANETA


Não há mais bela música
que o ruido da maçaneta da porta
quando meu filho volta para casa.

Volta da rua, da vasta noite,
da madrugada de estranhas vozes,
e o ruido da maçaneta
e o gemer do trinco,
o bater da porta que novamente se fecha,
o tilintar inconfundível do molho de chaves
são um doce acalanto,
uma suave cantiga de ninar.

Só assim fecho os olhos,
posso afinal dormir e descansar.

Oh! a longa espera,
a negra ausência,
as histórias de acidentes e assaltos
que só a noite como ninguém sabe contar!

Oh! os presságios e os pesadelos,
o eco dos passos nas calçadas,
a voz dos bêbados na rua
e o longo apito do guarda
medindo a madrugada,
e os cães uivando na distância
e o grito lancinante da ambulância!

E o coração descompassado a pressentir
e a martelar
na arritmia do relógio do meu quarto
esquadrinhando a noite e seus mistérios
Nisso, na sala que se cala, estala
a gargalhada jovem
da maçaneta que canta
a festiva cantiga do retorno.
E sua voz engole a noite imensa
com todos os ruídos secundários.
-Oh! os címbalos do trinco
e os clarins da porta que se escancara
e os guizos das muitas chaves que se abraçam
e o festival dos passos que ganham a escada!
Nem as vozes da orquestra
e o tilintar de copos
e a mansa canção da chuva no telhado
podem sequer se comparar
ao som da maçaneta que sorri
quando meu filho volta.

Que ele retorne sempre são e salvo,
marinheiro depois da tempestade
a sorrir e a cantar.
E que na porta a maçaneta cante
a festiva canção do seu retorno
que soa para mim
como suave cantiga de ninar.

Só assim, só assim meu coração se aquieta,
posso afinal dormir e descansar.



(Gióia Júnior)


---
Agora vamos estender o nosso BOM DIA a Cuiabá, Mato Grosso, Brasil e ao Mundo que neste momento esta precisando muito de um BOM DIA. Professora Aurelina Haydee do Carmo

quarta-feira, 1 de maio de 2013

Bom Dia Cuiabá, Dia do Trabalho Primeiro de Maio


Dia do Trabalho


Mas o homem nasce para a trabalho, como as faíscas se levantam para voar. (Jó 5:7)


Neste dia - dedicado a todos os trabalhadores, mulheres e homens uníssono, implorando ao nosso criador para que nunca nos falte coragem para trabalhar e que tenhamos pão em abundância em nossa mesa. amém.


Doce é o sono do trabalhador, quer coma pouco quer muito; mas a fartura do rico não o deixa dormir. (Eclesiastes 5:12)

Geralmente o trabalhador honesto ao chegar à sua casa depois de um dia normal de trabalho, dorme tranqüilo, enquanto o rico não consegue conciliar o sono, temeroso de alguma calamidade , ou falha de sua parte , arruíne tudo o que tem. Mas mesmo sem qualquer prejuízo , o rico nada levará consigo ao morrer . É de lastimar que tantas pessoas trabalhem tanto para enriquecer , quando o principal é acumular tesouros no céu (Mateus 19.19-21).


Tesouro desejável e azeite há na casa do sábio, mas o homem insensato o devora. 
(Provérbios 21:20)


Os que são sábios e prudentes virão a ter as coisas necessárias para a vida, ao passo que os insensatos gastam tudo quanto ganham para adquirir coisas não essenciais, visando seus prazeres e acabam ficando endividados.

Hoje em dia, muitos fazem uso insensato de crédito fácil, que, frequentemente, torna-se a desgraça deles. 

Deus se agrada daqueles que sabiamente usam de parcimônia (economia, precaução, planejamento) nos seus gastos, e assim não contraem dívidas na tentativa de viverem acima de suas posses.
.
---
Agora vamos estender o nosso BOM DIA a Cuiabá, Mato Grosso, Brasil e ao Mundo que neste momento esta precisando muito de um BOM DIA. Professora Aurelina Haydee do Carmo