Assista meu canal no Youtube

Loading...

sexta-feira, 20 de abril de 2018

PORTO (bairro) / Aurelina Haydêe do Carmo

PORTO (bairro)
Aurelina Haydêe do Carmo

PORTO! Saudades das lanchas...
Ouço o apito,
que lembranças,
na consciência repito.

Ah, PORTO. Seus canteiros floridos,
o progresso nos tempos idos,
tiraram sem nos consultar.
Não tivemos tempo para relutar.


Praça LUIS de ALBUQUERQUE.
Árvores centenárias,
sentada em um banco qualquer,
observamos conjuntos de casarões históricos.



Parece que ainda avisto
a pedrinha vinte e um,
começo a contar um a um
os peixes passarem até perder de vista.

PORTO! Conjuntos arquitetônicos.
Relembrar, como se fosse um tônico,
revigora nossa alma em delírio,

para nossos olhos é colírio!

Poesia Autoral: Aurelina Haydêe do Carmo
Agora vamos estender o nosso BOM DIA a Cuiabá, Mato Grosso, Brasil e ao Mundo que neste momento esta precisando muito de um BOM DIA. Professora Aurelina Haydee do Carmo

terça-feira, 17 de abril de 2018

Você é meu tesouro

Você é meu tesouro
 Aurelina Haydêe do Carmo


Quem a conhece,
nunca mais esquece
seu cheiro de pequi,
perfuma tudo aqui.

Gente do Porto,
gente da cidade.
Todo mundo aqui aporta
e encontra felicidade.



A orla do rio Cuiabá
Parece abraçar as pontes:
Júlio Muller e Nova
Em passos que renova.

15 de novembro.
Eu me lembro,
canteiros floridos.
Derramavam aromas.

Ah! Como é bom
meu Porto ver de novo,
revitalizado.

       Você é meu tesouro.

*Poesia Autoral: Aurelina Haydêe do Carmo
Agora vamos estender o nosso BOM DIA a Cuiabá, Mato Grosso, Brasil e ao Mundo que neste momento esta precisando muito de um BOM DIA. Professora Aurelina Haydee do Carmo

sexta-feira, 13 de abril de 2018

Cuia-vá

Cuia-vá
Aurelina Haydêe do Carmo








Lembranças fortes,
desenhei o meu norte.
E com muita sorte ,
nos fins da tarde,
o povo aplaude,
com muito alarde.

Vou contar uma história,
já, já.
De uma CUIA que vá
mansamente, sem canseira,
nas ribanceiras,
no repuxo
do Rio CUIABÁ.

E a CUIA- vá.
Diz a lenda,
nasceu CUIABÁ.
Poesia Autoral: Aurelina Haydêe do Carmo


Agora vamos estender o nosso BOM DIA a Cuiabá, Mato Grosso, Brasil e ao Mundo que neste momento esta precisando muito de um BOM DIA. Professora Aurelina Haydee do Carmo

terça-feira, 10 de abril de 2018

Cuiabá das Palmeiras


Cuiabá das Palmeiras
Aurelina Haydêe do Carmo
Ah! Cuiabá,
Cuiabá das palmeiras,
do coreto,
da fonte luminosa.

Cuiabá!
Dos olhos d´água,
cidade pacata,
difícil encontrar no mapa.

Incrustada no sertão,
mesmo sem mar,
tínhamos uma prainha,
era nosso jeito de amar.

Para muitos, mesmo invisível
(porque o progresso deletou),
ainda é ponto de referência,
Fica bem aí (esticando o beiço) na esquina.

Com o passar dos anos,
cresceu rapidamente,
com o mundial,
o mundo todo a tem na mente.

Cuiabá das Palmeiras

Poesia Autoral: Aurelina Haydêe do Carmo

Agora vamos estender o nosso BOM DIA a Cuiabá, Mato Grosso, Brasil e ao Mundo que neste momento esta precisando muito de um BOM DIA. Professora Aurelina Haydee do Carmo

domingo, 8 de abril de 2018

Homenagem a Cuiabá/MT

Homenagem a Cuiabá/MT
Aurelina Haydêe do Carmo

CUIABÁ! Nós te amamos,
do PORTO à CIDADE,
da 15 de NOVEMBRO
À avenida GETÚLIO VARGAS.

Assim diziam os pioneiros,
mas a cidade expandiu,
bairros e mais bairros foram surgindo.
Como num piscar de olhos explodiu.

CUIABÁ, é nosso encanto
tem características próprias.
Bem aí está o PANTANAL,
e mais ali está a CHAPADA.

CUIABÁ! Logo, logo completará
trezentos anos de existência.
E o povo de todo o PLANETA
chega sem pedir licença.

Nem precisa, pois tem espaço pra todos.
Estamos no CENTRO GEODÉSICO da AMÉRICA do SUL.
Bem-vindos são:
Os do Norte, Nordeste, Oeste, Leste e Sul.

Rios piscosos temos,
frutas nas ruas e quintais aos montões
Aqui todos dão as mãos,
por isso atrai multidões.

CUIABANO é povo amigo,
recebe de braços abertos
todos que procuram abrigo.
Venham... que aqui tudo dá certo.

Ah! CUIABÁ,
como gostamos de você!
Por isso aqui estamos
e aqui queremos viver.

*Poesia Autoral: Aurelina Haydêe do Carmo
Agora vamos estender o nosso BOM DIA a Cuiabá, Mato Grosso, Brasil e ao Mundo que neste momento esta precisando muito de um BOM DIA. Professora Aurelina Haydee do Carmo

sábado, 7 de abril de 2018

Sou Cuiabana

Sou Cuiabana
Aurelina Haydêe do Carmo

Sou cuiabana.
Meu jeito não engana,
orgulho de ter nascido aqui,
gosto de arroz com pequi.

Meu falar é carregado,
transmitindo nossa cultura.
Este é nosso legado,
com muita desenvoltura.

CUIABÁ – tricentenária,
linda, linda.
Mesmo antiga, o cenário,
cada vez mais querida.

Cuiabá de ontem e de hoje
respira bons fluidos,
recebe gente de longe,
como nos tempos idos.

Poesia Autoral: Aurelina Haydêe do Carmo
Agora vamos estender o nosso BOM DIA a Cuiabá, Mato Grosso, Brasil e ao Mundo que neste momento esta precisando muito de um BOM DIA. Professora Aurelina Haydee do Carmo

domingo, 1 de abril de 2018

A Ressurreição de JESUS


A Ressurreição de JESUS
"E, estando elas muito atemorizadas e abaixando o rosto para o chão, eles lhe disseram: Por que buscais o vivente entre os mortos?" (Lc 24.5)

Uma ressurreição literal. O testemunho do terceiro Evangelho é de uma ressurreição física e literal. O próprio Jesus, quando ressuscitou, disse: "Vede as minhas mãos e os meus pés, que sou eu mesmo; tocai-me e vede, pois um espírito não tem carne nem ossos, como vedes que eu tenho" (Lc 24.39). Uma ressurreição corporal. A apologética cristã sempre assegurou que a ressurreição de Jesus foi um evento físico no qual o seu corpo foi revivificado. Isto significa que, apesar de transformado, Cristo ressuscitou com o mesmo corpo físico que fora sepultado. Lucas põe em relevo esse fato quando registra Jesus comendo com os discípulos após a ressurreição (Lc 24.43). Em sua primeira Carta aos Coríntios o apóstolo Paulo assevera que toda a fé cristã é falsa se a ressurreição de Jesus não aconteceu de forma corporal (1 Co 15.14,15).

CONCLUSÃO

 Sem dúvida uma das maiores notícias, e que foi dada por um anjo, foi que Jesus havia ressuscitado (Lc 24.6). Nos dias de Jesus, a crença na ressurreição dos mortos não era consenso. Os fariseus acreditavam nela, mas os saduceus a rejeitavam, e os gregos a ridicularizavam. Até mesmo os discípulos de Jesus se mostraram incrédulos e lentos em aceitá-la. Quando ressuscitou dos mortos, o Senhor Jesus se apresentou a seus discípulos com provas incontestáveis a fim de que nenhum deles ficasse com dúvida. A ressurreição de Jesus era uma realidade inconteste para a Igreja Apostólica a ponto de se tornar o principal tema de sua pregação.

pesquisado por Aurelina in LBD 2T 2015.

Agora vamos estender o nosso BOM DIA a Cuiabá, Mato Grosso, Brasil e ao Mundo que neste momento esta precisando muito de um BOM DIA. Professora Aurelina Haydee do Carmo

sexta-feira, 30 de março de 2018

A morte de Jesus



A morte de Jesus

Lucas 23:46 "E, clamando Jesus com grande voz, disse: Pai, nas tuas mãos entrego o meu espírito. E, havendo dito isso, expirou."

Meditação
Lc 22.39-46: Momentos que antecederam a crucificação de Jesus
Lc 22.2-6: Judas, por ambição, negociou com os judeus a traição do Filho de Deus
Jo 11.47-53: O porquê da crucificação de Jesus na esfera religiosa
Jo 18.31: O motivo da crucificação de Jesus na esfera política
Lc 23.21-23: O método terrível de execução para os condenados à morte
Is 53.11: O real significado da crucificação do Senhor Jesus Cristo

O Julgamento de Jesus
O julgamento de JESUS foi o que há de mais covarde no pensamento humano e na prática religiosa. O método e os pressupostos do julgamento de JESUS de Nazaré demonstram o que a elite religiosa de Israel estava acostumada a fazer em sua época, isto é, burlar a lei para a manutenção dos seus próprios interesses. O julgamento de JESUS foi um grande teatro. Nada do que fosse dito ou apresentado a favor do Nazareno mudaria o cenário. A classe religiosa havia pensado pormenorizadamente nos caminhos precisos para fazerem o espetáculo jurídico mais odioso que se ouviu dizer na história dos homens. Pensar que, após humilharem o Senhor JESUS, castigar o seu corpo, crucificarem-no e matarem-no, o "clero" judaico foi celebrar a Páscoa como se nada tivesse acontecido. Imagine! Mataram uma pessoa e, logo depois, "cultuaram" a DEUS. Quando a religião fecha-se em si mesma, e nos seus próprios interesses, é capaz das maiores perversidades, pensando estar a serviço de DEUS. Que o Senhor guarde o nosso coração!

pesquisado por Aurelina in LBD 2T 2015.

Agora vamos estender o nosso BOM DIA a Cuiabá, Mato Grosso, Brasil e ao Mundo que neste momento esta precisando muito de um BOM DIA. Professora Aurelina Haydee do Carmo

terça-feira, 27 de março de 2018

O NASCIMENTO DE JESUS E O JUDAÍSMO

O NASCIMENTO DE JESUS E O JUDAÍSMO

1. Judeus piedosos. Lucas mostra que o nascimento de Jesus aconteceu sob o judaísmo piedoso. Ele ocorre dentro do contexto daqueles que alimentavam a esperança messiânica. São pessoas piedosas que aguardavam o Messias e, quando Ele se revelou, elas prontamente o reconheceram. Primeiramente, Lucas cita Zacarias, um sacerdote piedoso e sua esposa, Isabel. A Escritura sublinha que ambos eram justos diante de Deus e viviam irrepreensivelmente nos preceitos e mandamentos do Senhor (Lc 1.6). Lucas apresenta também Simeão, outro judeu piedoso de Jerusalém, e que esperava a consolação de Israel. A ele foi revelado, pelo Espírito Santo, que não morreria antes que visse o Messias (Lc 2.25,26). Da mesma forma a profetisa Ana, uma viúva piedosa, que continuamente orava a Deus e jejuava. Quando viu o menino Jesus, deu graças a Deus por Ele e falava da sua missão messiânica (Lc 2.36-38).

terça-feira, 20 de março de 2018

O valor de um sorriso

O valor de um sorriso
“São necessários 64 músculos faciais para que o homem apresente um semblante zangado e carrancudo, mas apenas13 músculos para expressar alegria em um sorriso franco”.
                                                                                  Walter B. Knight.

Era uma manhã muito fria. Deixou o Hotel em um taxi e dirigiu ao Aeroporto de Santiago, no Chile, onde embarcaria no primeiro vôo  pra Buenos Aires, na Argentina. Dentro do aeroporto, o clima estava bom, o sistema de aquecimento funcionava perfeitamente. Na sala de embarque, dirige a uma lanchonete e pede um chocolate quente. A atendente, prontamente, lhe serve , e quando começa a saborear, o copo cai, sujando todo o carpete, que estava rigorosamente limpo. A moça da lanchonete olhou e, quando começava a demonstrar a sua insatisfação, ele abriu um sorriso que a desarmou por completo. Imediatamente, ela aproximou-se com um pano e limpou toda a sujeira que ele acabara de fazer, servindo outro chocolate, e quando foi pagar a conta, só cobrou um.

O sorriso é um poderoso agente, que vence dificuldades, abre portas, alivia tensões e proporciona bem estar, tanto para quem o emite como para quem o recebe.

Precisamos entender que a vontade de Deus em nossa vida tem como finalidade proporcionar a paz interior, cujos resultados serão conhecidos pelos sorrisos sinceros que emitimos.

O sorriso voltou aos lábios de Zaqueu quando Jesus disse que entraria em sua casa.
O sorriso manifestou no rosto de Bartimeu quando Jesus o convidou para receber o milagre da visão.

O sorriso brotou na vida da Samaritana quando Jesus lhe disse que o Pai procura adoradores cujas vidas estejam comprometidas com a Sua obra.

O sorriso reencontrou o endereço de Pedro quando este pode expressar para Jesus que O amava, apesar das dificuldades experimentadas.

Cada pessoa precisa entender que uma vida interior equilibrada traz benefícios ao corpo, à alma e ao espirito, além de influenciar positivamente todos os que estão ao redor.

Jesus diz que o cristão deve “exultar e alegrar” (MT 5.12).
Jesus diz ainda que no céu há grande alegria (Lc 15.7).

Lembre-se: Um sorriso faz bem e não custa nada.

Pesquisado por Aurelina in Falando ao Coração
Agora vamos estender o nosso BOM DIA a Cuiabá, Mato Grosso, Brasil e ao Mundo que neste momento esta precisando muito de um BOM DIA. Professora Aurelina Haydee do Carmo

sexta-feira, 16 de março de 2018

Hospital do Senhor

Hospital do Senhor

Existem doenças do corpo, estas são ruins, mas a pior doença é a da alma.
Reflita sobre o depoimento abaixo:

Fui ao hospital do Senhor para fazer um check-up de rotina e constatei que estava DOENTE.
Quando Jesus mediu minha pressão, verificou que estava baixa de TERNURA.
Ao medir a temperatura, o termômetro registrou 40 graus de EGOÍSMO.
Fiz um eletrocardiograma foi diagnosticado que eu necessitava de uma PONTE de AMOR, pois minhas veias estavam bloqueadas por não abastecerem meu CORAÇÃO VAZIO.
Ortopédicamente tinha dificuldade de andar lado a lado e não conseguia abraçar os irmãos por ter fraturado o braço ao tropeçar na minha VAIDADE.
Tinha miopia, constatada por não enxergar além das APARÊNCIAS.
Queixei-me de não poder ouvi-Lo, diagnosticou bloqueio em decorrência das PALAVRAS VAZIAS.
Obrigado Senhor, por não ter custado nada a consulta e pela Sua grande misericórdia. Prometo após ser medicado e receber alta do hospital, somente usar homeopatia, remédios naturais que me indicaste e que me indicaste e que estão no receituário do EVANGELHO DE JESUS CRISTO.
Vou tomar, ao levantar, chá de OBRIGADO SENHOR. Ao entrar no trabalho, uma colher de sopa de BOM DIA, MEU IRMÃO! De hora em hora, um comprimido de PACIÊNCIA com meio copo de HUMANIDADE.
Ah, Senhor! Ao chegar em  casa, vou tomar uma injeção de AMOR, e ao deitar, duas cápsulas de CONSCIÊNCIA TRANQUILA.
Assim, tenho certeza, não ficarei mais doente.
Prometo prolongar este tratamento preventivo por toda a minha vida.
Obrigado Senhor, perdoe-me por ter tomado o seu precioso tempo.

De Seu eterno cliente...

Pesquisado por Aurelina in Falando ao Coração.
Agora vamos estender o nosso BOM DIA a Cuiabá, Mato Grosso, Brasil e ao Mundo que neste momento esta precisando muito de um BOM DIA. Professora Aurelina Haydee do Carmo

terça-feira, 13 de março de 2018

A FORÇA DA UNIÃO

A FORÇA DA UNIÃO
“Oh! Quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união!”
                                                          Salmo 133.1

Um senhor idoso tinha doze filhos. Certo dia, os chamou e colocou na mão de cada um deles uma varinha fina. Em seguida, mandou que quebrassem a varinha. O que foi feito por todos com facilidade. Logo depois, aquele pai tomou um feixe com doze varinhas e mandou que cada um tentasse quebrar. Todos, por mais que se esforçassem, nada conseguiram. O pai, mostrando o feixe aos filhos, disse que eles permanecessem unidos como estavam aquelas varinhas, nada conseguiria vencê-los.

A bíblia diz que é bom viver em união. A vida ensina que as grandes vitórias sempre foram alcançadas mediante a conjugação de esforços.

O individualismo, infelizmente, tem norteado as atitudes de muitas pessoas. Vivemos o tempo do “ cada um para si”, quando tudo contribui para provar que a parceria e a união são o grande segredo para as realizações mais eficazes.

O ser humano é por natureza, dadas as suas diferenças estruturais, muito  individualista. Vemos isso manifestar na criança e até no adulto. O que beneficia, para superar estas diferenças é a capacidade do homem em compreender e avaliar as suas aptidões e carências e, assim procurar completar-se, recorrendo a outros que podem oferecer aquilo que falta.

Jesus podia muito bem ter realizado o Seu ministério terreno sozinho, mas chamou doze apóstolos para acompanhá-Lo.
Pedro, Tiago e João sempre estavam juntos.
Jesus mandou os discípulos de dois a dois.
Paulo sempre tinha alguém o acompanhando. Ora era Barnabé, ora Silas. Existem muitos outros exemplos de verdadeiras parcerias de sucesso nas páginas sagradas.

O segredo para uma vida vitoriosa está justamente na capacidade de administrar as diferenças estruturais e aprender a ver nas pessoas as suas virtudes, e desta forma assimilar os princípios que norteiam as regras da boa convivência.

No livro de Jó, capitulo 22, versículo 21, temos uma recomendação bíblica: “Une-te, pois, a Ele, e tem paz e assim te sobrevirá o bem”.

Se esta recomendação for observada, será estabelecida a real diferença na ida do cristão.
Pesquisado por Aurelina in Falando ao Coração
Agora vamos estender o nosso BOM DIA a Cuiabá, Mato Grosso, Brasil e ao Mundo que neste momento esta precisando muito de um BOM DIA. Professora Aurelina Haydee do Carmo

quinta-feira, 8 de março de 2018

Oito de Março - Dia da Mulher 2018

Oito de Março - Dia da Mulher

Um olhar cuidadoso levará qualquer pessoa a perceber a importância de se conhecer a história de muitas mulheres da Bíblia. Elas são pessoas que se deixaram moldar por Deus e cujos dilemas vividos e a fé que exerceram nos ensinam ainda hoje, de forma atual e impactante, verdadeiras lições de confiança e entrega a Deus.



Página após página, as Escrituras nos conduzem ao deleite de conhecer inúmeras mulheres que tocaram em Deus e foram tocadas por ele. Mulheres que viram milagres, que tiveram a vida completamente transformada pela ação divina em sua histórias e seus dilemas. Mulheres de raças, tipos e culturas diversos; mulheres tão diferentes e tão iguais. Mulheres na multidão, mas tão singulares e especiais. Mulheres guerreiras, mães, esposas, avós, sogras, noras, empregadas, amigas. 

Mulheres rainhas e rainhas do lar. Mulheres tão semelhantes às de hoje, com desafios idênticos aos que as atuais enfrentam todos os dias e que saciaram seus anseios mais profundos buscando a Deus e clamando a ele.



A importância da Bíblia na vida da mulher se deve às preciosas lições de fé que podemos extrair da vida e experiência das mulheres dos tempos antigos. Para exemplificar, poderíamos citar Sara, Hagar, Rebeca, Lia, Abigail, Bate-Seba, Tamar, Gômer, Maria Madalena e muitas outras.

Não importa qual tenha sido seu passado ou como tem sido seu presente. Entregue a sua história a Deus e permita que ele a reescreva. Essa é a forma de agir de Deus.

Pesquisado por Aurelina in Bíblia Vida Melhor – Mulher. (NVI).
Agora vamos estender o nosso BOM DIA a Cuiabá, Mato Grosso, Brasil e ao Mundo que neste momento esta precisando muito de um BOM DIA. Professora Aurelina Haydee do Carmo

terça-feira, 6 de março de 2018

Imagem de Mulher

Imagem de Mulher
Inês Oliveira Martins


Nossa imagem de mulher
Já não está mais cristalizada
Estamos cada uma a seu modo
dilacerando velhos tabus,
na alma, enraizados.
Num mundo de tantas duvidas
e testemunhas de cenas tão doloridas
às vezes falantes
silenciosas
ou até divididas,
somos todas iguais
na missão da vida.
E assim,
quando assim compreendermos,
desmascaradas serão todas as incertezas
permitindo fluir da alma o reflexo
de um mundo de saber
até então inconfesso.
Juntar-se-ão então,
um fragmento aqui
e outro acolá,
para recompor com a fidelidade do criador,
a nossa mais autêntica:
Imagem de mulher.

Agora vamos estender o nosso BOM DIA a Cuiabá, Mato Grosso, Brasil e ao Mundo que neste momento esta precisando muito de um BOM DIA. Professora Aurelina Haydee do Carmo

sexta-feira, 2 de março de 2018

Orgulho

Orgulho
“o orgulho divide s homens; a humildade une-os. (Jeaen B. Lacordaire)
                                     

Orgulho- um conceito exagerado de si mesmo.
Infelizmente, vemos hoje manifestado esse sentimento tão prejudicial na vida das pessoas. Porque o orgulho não deixa manifestar a necessidade que cada um tem de aprender. O orgulho impede as pessoas de verem as qualidades dos outros e as leva a ressaltar sobremaneira as suas, que todos já estão vendo. O orgulho não deixa a pessoa ver os seus erros, para corrigi-los e assim estabelecer um rumo na vida. O orgulho apaga as virtudes e ressalta os defeitos, principalmente de quem o mantém vivo no coração.
 O orgulho é um inimigo, que fala que é amigo.
 É uma doença que não gosta de ser tratada.
 É um erro que nunca quer ser corrigido.
 É um defeito que nunca quer ser reparado.
É um mal que não gosta de ser confrontado.
É um tolo que pensa ser cheio de sabedoria.
No caminho do cristão, Jesus está na frente.
No caminho do orgulhoso, Jesus, se quiser, vem atrás.
Vamos procurar transmitir toda glória para Jesus, porque só Ele é digno.


Pesquisado por Aurelina in Falando ao Coração.
Agora vamos estender o nosso BOM DIA a Cuiabá, Mato Grosso, Brasil e ao Mundo que neste momento esta precisando muito de um BOM DIA. Professora Aurelina Haydee do Carmo

terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

ASPECTOS DO CARÁTER CRISTÃO

ASPECTOS DO CARÁTER CRISTÃO

O Sermão do Monte nos apresenta os principais aspectos do caráter cristão. Nele, aprendemos não somente a ética e a moral do Reino dos céus, mas a essência do caráter de Cristo.

1. Humildade (Mt 5.3). Jesus foi modesto em toda a sua maneira de viver (Mt 11.29). Ele demonstrou sua humildade ao despojar-se de sua glória (Fp 2.6,7); na irrestrita obediência à vontade do Pai (Jo 5.30; 6.39; Fp 2.8); quando lavou os pés dos discípulos (Jo 13.3-5); e ao relacionar-se com todas as pessoas, independentemente de sua raça ou posição social (Mt 9.11; 11.19; Jo 3.1-5; 4.1-30). A humildade é um aspecto do caráter imprescindível a todos os cristãos (Ef 4.1,2; Cl 3.12), pois os humildes sempre alcançam o favor do Senhor (Tg 4.6).

2. Mansidão (Mt 5.5). É uma virtude que se opõe à rudez. Nosso Senhor Jesus Cristo sempre foi manso e benigno de coração (2 Co 10.1; Mt 11.29).

3. Fome e sede de justiça (Mt 5.6). O Senhor Jesus ordenou aos seus discípulos que priorizassem, acima de todas as coisas, o Reino de Deus e a sua justiça (Mt 6.33). Em um mundo perverso (At 2.40), onde as pessoas estão mais preocupadas em acumular riquezas (2 Tm 3.2) do que socorrer ao aflito e necessitado, o verdadeiro cristão deve refletir o caráter de Cristo através de uma vida de santidade e retidão (Mt 6. 25,31,34).

4. Misericórdia (Mt 5.7). É a compaixão pela necessidade alheia. Jesus foi misericordioso com os homens em suas fraquezas e privações (Mc 5.19; Hb 2.17; Tg 5.11; 2 Co 1.3 ver Mt 15.22; 17.15). Lembremos, pois, que a misericórdia é um mandamento divino, e que a Bíblia condena a indiferença para com os pobres (Lc 6.36; Mt 12.7). Sejamos misericordiosos assim como Jesus nos ensinou na Parábola do Samaritano (Lc 10.37).

5. Coração puro (Mt 5.8). Nas Escrituras, o coração representa a personalidade, o centro das emoções humanas (Sl 15.2; 16.9; 51.10; Mc 7.21-23). Por isso, a Bíblia afirma que o Senhor perscruta os corações e conhece o interior de cada pessoa (Sl 139.23; Pv 21.2; Ap 2.23). Quando Cristo repreendeu os fariseus, mostrou-lhes como a pureza interior era necessária. Ele os acusou de serem semelhantes aos “sepulcros caiados” (Mt 23.27). O Senhor, que conhece os nossos pensamentos (Fp 4.8) e as motivações de nossas ações cotidianas (1 Co 4.5), manifestará em seu santo e justo julgamento cada uma de nossas ações (Rm 2.1-7; 1 Co 3.12-15).


6. Pacificador (Mt 5.9). Fomos conclamados a seguir a paz e, na medida do possível, ter paz com todos os homens (Rm 12.18; 1 Co 7.15; Hb 12.14; 1 Pe 3.11).

Pesquisado por Aurelina Haydee in EBD Setembro/2007. 

Agora vamos estender o nosso BOM DIA a Cuiabá, Mato Grosso, Brasil e ao Mundo que neste momento esta precisando muito de um BOM DIA. Professora Aurelina Haydee do Carmo

sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

Ficar no Ponto

Ficar no Ponto
Conto feito por Aurelina Haydee do Carmo

Feriadão prolongado, resolvi fazer um bolo.
Olhei nas prateleiras da cozinha, tinha todos ingredientes, até o fermento ainda estava na validade. Ah!...faltava o principal – o ovo. A manteiga já estava fora da geladeira (aquela marca que os antigos diziam que era a melhor) bolo bom, gostoso, cheiroso e fofinho só tinha que ser feito com uma determinada marca de trigo, manteiga em meio ambiente.

Hoje descobrimos que tinha que ser aquela marca, porque só conhecíamos aquela há muito tempo e tínhamos aversão pelo novo. Como por exemplo extrato de tomate, macarrão, ervilha, sardinha, leite em pó e condensado, amido de milho etc.

Todos os produtos pioneiros por muito tempo foram transmitidos de nossas avós, pais, vizinhos como os melhores.

Ah! e o ovo? Não esqueci do ovo, só enrolei um pouco, para dar tempo da pessoa ir ao supermercado. O ovo chegou, quando abri a cartela, meu espanto foi tão grande, que a pessoa que trouxe o ovo, talvez imaginou...
Tanto transtorno, feriadão, eu deitado, aproveitando um ar condicionado, ligado minha TV-42’,3D.

Levanto, visto a camiseta, esforcei-me para raciocinar se desligo tudo e pego a rua, sol quente de quase 40°, as 10horas da manhã e ainda mais, na ida até ao mercado era uma subida e tanto. Na ida...era uma subida, ainda bem que na volta era uma descida(é lógico)rsrs.

Tá... o ovo, pequenininho, fiquei pasma pelo tamanho e veio na minha mente, quando éramos crianças, nas brincadeiras de quitutes no quintal. E quando o ovo era muito pequeno, a gente pensava que era de cobra.
  
Na dúvida, pegávamos o ovo com muito cuidado para não quebrar e subíamos até a popa de uma canoa e jogávamos no meio do rio.
Guardamos esse segredo de nossos pais com medo de pegar uma surra.

Como os ovos estão pequenos? Saudades do ovo caipira.
Estão tão pequenos que os mais experientes em receitas recomendam:

- Colocar +1 para ficar no ponto.
Conto feito por Aurelina Haydee do Carmo

Agora vamos estender o nosso BOM DIA a Cuiabá, Mato Grosso, Brasil e ao Mundo que neste momento esta precisando muito de um BOM DIA. Professora Aurelina Haydee do Carmo

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Vai e vem

Vai e vem
conto por Aurelina Haydêe do Carmo


Parou no centro da cidade. Não tem um lugarzinho para deixar o carro.

Os estacionamentos lotados. Arre até que em fim ... uma vaga. Muita sorte! Caminha entre os empurrões dos transeuntes, um vai e vem.

Para... e começa a imaginar.  “Será pra onde vão? Procuram o quê?”

Todos muito apressados, parecendo que estão disputando uma corrida.

Não escutamos um BOM DIA, BOA TARDE. Como correm, penso, talvez correm para pegar o ônibus, para ainda ter sorte de encontrar o Banco aberto. Talvez para pegar seu filho, neto na porta da Escola.
Enfim, como correm...

E,eu? O que estou fazendo aqui? Caiu a ficha. Não fui ver o espetáculo das idas e vindas!

Estava apenas engrossando o desfile do “ VAI e VEM”.

conto por Aurelina Haydêe do Carmo

Agora vamos estender o nosso BOM DIA a Cuiabá, Mato Grosso, Brasil e ao Mundo que neste momento esta precisando muito de um BOM DIA. Professora Aurelina Haydee do Carmo

sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

Xô Xuuum passarinho!



Xô Xuuum passarinho!
Escrito por: Aurelina Haydêe do Carmo

Engraçado,  todas as vezes que encontro minhas amigas de infância, elas remetem a um passado cheio de lembranças ao referir sobre os Quintais. Os quintais eram imensos com muitas Mangueiras e Cajueiros. Fico só sacudindo a cabeça e pergunto a mim mesma:
- Porque será que o nosso quintal nunca teve um pé de mangueira?! nem Cajueiro?!

No nosso quintal tinha um pé de goiaba branca, dava frutos muito suculento e era disputado pelos vizinhos. Este serviam para comer, mas tinha também o pé de goiabeira vermelha, estas eram para fazer doce. Doce de goiaba - doce de colher, para comer com queijo branco, geleia de goiaba para pôr no pão ou mexer com farinha de mandioca. Doce apurado para fazer rapadurinha. Comíamos numa base de 2 kilos por semana, pois ninguém conhecia a palavra “diabetes”.

Não sei se alguém naquela época conhecia essa palavra feia, morriam mas nunca ficávamos sabendo de quê, pois todo mundo culpava o coração.

Então Estávamos falando do quintal, mas o nosso Pomar começava na frente da nossa casa.

Bem na porta de entrada, tinha uma frondosa Caramboleira, chegava a ter cachos e mais cachos de carambolas, fruto amarelo de uma tonalidade chamativa que ninguém resistia, pois o sabor nem de longe compara aos que temos hoje nos nossos mercados.

E falando em mercado estive num deles em uma cidade do Sul do Brasil, lá estava Carambola entre os frutos exóticos.

Uma coisa puxa a outra, exótico mesmo era fruta-do-conde, que ostentava bem na porta de nossa cozinha, alguns denominavam de fruta pão.  

Do outro lado onde minha mãe cultivava as folhagens, rosas e samambaias, estas eram sombreadas por uma enorme Parreira (exótica), pois naquela época longe estava de pensar que alguém cultivar uvas, pois o nosso clima não permitia era muito calor e também não tínhamos tecnologia necessária.

Abrindo o portãozinho que dava entrada definitiva ao quintal, lá estava o pé de romã, de tão graúda a fruta, rachava e deixava os seus grãos vermelhos e suculentos parecendo gritar:
 - Saboreie-me, por favor.

Quando vocês crescerem nunca mais vão encontrar outros tão doces como eu.

Mais adiante estava a Limeira carregadinha de frutas, seus Galhos pesados caiam até o chão, eram escorados por madeiras. Minha mãe tinha um ciúmes porque não era uma simples Limeira. - Era Lima de umbigo.

Há! Já ia esquecendo do pé de figo como carregava...


Lembranças do doce artesanal de figo, doce em calda, cristalizado,  e quando deixávamos alguns madurar, eram uma delícia amarrávamos com tecidos para passarinho não bicar, tinham que madurar no pé.

Falando em Figo me fez lembrar uma das Histórias que ouvimos a noite embaixo da Caramboleira.
Ficávamos nós sentadas na calçada e a contadora de Historias sentava em uma Pedra Grande encostada no pé da caramboleira.

Todas as noites, lá estávamos nós, ouvindo as histórias, e a que nunca esqueci foi o da madrasta que viu sua enteada roubando os figos do Pomar e a enterrou viva embaixo do mesmo.

Então ela cantava a musiquinha eu nunca esqueci e aí eu tremia:
- Carpinteiro de meu pai não corta meu cabelo, que a madrasta me enterrou pelo Figo da Figueira.
Ficar sozinha no quintal, eu achava que a defunta estava lá, meu corpo arrepiava, então a musiquinha vinha aos meus ouvidos.
- A Madrasta me enterrou... pelo Figo da Figueira Xô Xuuum passarinho!

Escrito por: Aurelina Haydêe do Carmo


Agora vamos estender o nosso BOM DIA a Cuiabá, Mato Grosso, Brasil e ao Mundo que neste momento esta precisando muito de um BOM DIA. Professora Aurelina Haydee do Carmo